Modelos
Menu
Porsche - Editorial

Editorial

Viagem para onde tudo é familiar

“A Porsche fabricou mais de um milhão de exemplares do 911. Mesmo assim ele continua causando furor como se fosse o George Clooney no outro lado da rua”

911 quilômetros. Percorridos com o novo Porsche 911, de Zuffenhausen até a Áustria. Uma viagem para onde tudo é familiar. Partindo de onde ele surgiu e indo para onde vive a sua origem. A cada etapa, uma descoberta. A cada metro percorrido, uma vivência. A cada minuto, um novo conhecimento. Partir, se aproximar do destino, chegar – e no fim da viagem: o futuro encontra as origens. A história continua.

A continuidade é fruto de retrospectivas. Não existe nenhum outro veículo que ofereça constantemente tantas novidades e que, quase de forma provocadora, pouco mudou. Mudança, sim; alteração radical, não. É rápido, mas não é fugaz. Sempre o melhor, sem depreciar o modelo anterior. Não é tradição e inovação, mas sim tradição que resulta de inovação. A Porsche fabricou mais de um milhão de exemplares do 911. E continuamos a apreciá-lo como se ele fosse o George Clooney no outro lado da rua. O 911 se tornou um fenômeno da história contemporânea, da cultura, da tecnologia e do design. Ele permanecerá um “símbolo de utopia personalizada”, tal como é considerado por alguns. Porém, ele nunca foi um sucesso que surgiu sem fazer esforços.

A revista Christophorus já existe há mais tempo do que o 911. 11 anos. O lugar de encontro de fãs do 911 desde o primeiríssimo momento. Aficionada por convicção. Uma clara afirmação em forma impressa: individualidade e coletividade, a singularidade de cada indivíduo e o apreço do grupo de fãs. Esta edição especial, dedicada somente ao novo 911, é exemplo típico disso: oito histórias, o extraordinário no familiar, na atitude, na referência. Tudo confluindo para a pergunta: qual é o lugar do Porsche?

Explicações, impressões, prospecções. Inúmeras perguntas – e respostas: qual é o aspecto novo em algo de comprovada excelência? O carro dentre os amigos de motores boxer refrigerados a ar é (ou não é) uma dessas perguntas ou respostas? Como os alunos da Universidade de Pforzheim e os designers da Porsche interpretam a linguagem das formas? E até que ponto os pioneiros da Porsche Digital cogitam a mudança do carro esportivo para a mobilidade esportiva? Além disso: como os pedestres na rua Maximilianstrasse, em Munique, reagem? O que Angelique Kerber pode aprender com Mark Webber e vice-versa? O que significa liberdade na região alpina de Turracher Höhe?

Por fim: como é possível inovar sem perder a identidade? Percurso de subida, viagem de volta para casa na propriedade de Schüttgut, em Zell am See. Na residência principal das famílias Porsche e Piëch, o proprietário Dr. Wolfgang Porsche reflete: “Inovar com sucesso significa questionar tudo constante e radicalmente, sem perder sua identidade”. Um 911 vermelho, o 911 mais antigo de posse da empresa, está estacionado diante da casa para dar as boas-vindas. Verdadeiro caráter de lenda, ainda tão jovem como no dia do seu lançamento e hoje com todo o esplendor do passado. Um exemplar que carrega consigo nada mais que 55 anos de uma vibrante expectativa que se tornou realidade. Nós supomos que, em 2025, mais de 50% dos veículos Porsche terão propulsão elétrica. Um 911 híbrido também será possível. E ele será um legítimo 911.

De onde quer que você venha, para onde quer que você viaje: Christophorus está sempre com você.

Christophorus – A revista dos clientes da Porsche

A Christophorus é a revista oficial dos clientes da Porsche, sendo uma das mais antigas e renomadas publicações do mundo voltadas para o cliente. Desde a primeira edição em 1952, todas as edições são numeradas.

A revista, que leva o nome do padroeiro dos viajantes, oferece ao leitor informações interessantes sobre carros e técnica, proporcionando uma olhada por trás dos bastidores da empresa.

Atualmente, a Christophorus sai cinco vezes ao ano em alemão, inglês, francês, italiano, espanhol, português, russo, chinês, mandarim taiwanês, japonês, coreano, holandês e polonês.

Quem se interessar pela Porsche como empresa e por todos os seus produtos, pode assinar a Christophorus: