Modelos
Menu
Porsche - Minha obra-prima

Minha obra-prima

Jorge Carnicero já deixou um grande amor partir – e lamentou isso profundamente. Os especialistas da Porsche Exclusive Manufaktur o ajudaram a superar as dores da separação.

Quando o criador de cavalos Jorge Carnicero conta como tudo começou, e como encontrou seu “primeiro grande amor” em 1971, seu rosto se ilumina. Um brilho que desaparece abruptamente. “Então incorri no maior erro de minha vida.” A dor da incrível insensatez de ter comprado aquele Porsche 911 S Prata metálico para depois simplesmente vendê-lo. Só para comprar outro 911, novo. “Muitas vezes pensei em tentar reencontrar aquele Porsche”, revela Carnicero, hoje com 68 anos. “É como o primeiro amor da sua vida, que você deixa partir. Só bem mais tarde você se dá conta do erro que cometeu.”

“O carro conquistou meu coração.” Jorge Carnicero

[+]
[+]

Trabalho minucioso feito à mãoestribos laterais escolhido por Jorge Carnicero
Na Porsche Exclusive Manufaktur é instalado no veículo o friso dos estribos laterais escolhido por Jorge.

Foi um adesivo no vidro lateral traseiro que o atraiu de modo irresistível naquela época. A inscrição em alemão que dizia: “Porsche campeã mundial de marcas de 1969, 1970, 1971”. Carnicero não entendia nada de alemão; naquela época também não tinha nenhuma ligação com o automobilismo. Ele não sabia que se tratava do campeonato mundial de carros esportivos, e por isso fez perguntas. A explicação lhe abriu as portas para um mundo que nunca mais o largou. “O visual do carro conquistou meu coração. Mas a história por trás daquele adesivo simplesmente me impressionou.” Desde então, este homem nascido em Lexington, Kentucky, está em busca da sensação inigualável daquela época, aquela emoção e curiosidade. É verdade que desde 1971 Carnicero teve inúmeros Porsche, que ele personalizou de acordo com seus desejos através da Exclusive Manufaktur. Mas só hoje, quase 50 anos mais tarde, é que ele está bem próximo de seu modelo ideal.

E trata-se de um Porsche 911 GT3 Touring. Ele trabalhou minuciosamente durante quase um ano junto com os especialistas de personalização da Porsche na sua nova grande paixão. Ele já voou quase uma dúzia de vezes para a central da América do Norte, em Atlanta. Fez planos e os alterou, comparou cores, se aprofundou no quesito estrutura de tecidos. Um enorme vaivém. “Eu era um chato insuportável”, sorri Carnicero. E num certo momento surgiu a ideia, a sensação que o conduziu àquele adesivo no vidro lateral de seu primeiro Porsche. E assim o emblema de campeã mundial de marcas também decora o GT3 Touring. Carnicero escolheu um lugar especial: em relevo no console central. “Porsche campeã mundial de marcas 2015, 2016, 2017” – uma recordação do início de uma grande paixão. Trazida para o presente. Feita para o futuro.

Para Carnicero, esse detalhe quase imperceptível é o cerne de seu entusiasmo pela personalização do carro dos seus sonhos. “As pessoas dizem com frequência: ‘é só um carro.’ E eu penso comigo mesmo: ‘vocês não entenderam nada.’ Somente quando você descobre a história por trás da obra de arte é que todo o seu potencial se revela”, afirma Carnicero, que é formado em Artes Plásticas na Universidade de Georgetown. “Quanto mais você entende uma obra de arte, maior se torna a paixão por ela. É exatamente isso que a Porsche Exclusive Manufaktur torna possível. Ela abre uma porta que abre outra porta que abre outra porta para um novo mundo – e puxa você lá para dentro.”

“Amo o trabalho feito à mão.” Jorge Carnicero

[+]

Toque pessoal na obra-prima
Jorge Carnicero aperta um parafuso no encosto de braço central do seu 911 GT3 Touring.

[+]

Porsche Exclusive Manufaktur

A ocupação com o design e a arte da engenharia, que sempre está presente nas várias conversas com os funcionários da Manufaktur, faz com que hoje Carnicero compreenda muito melhor seus carros. O carro esportivo torna-se parte de uma história, muito mais que um belo objeto. Seu pai, um engenheiro aeronáutico, o ensinou a questionar o design e a tecnologia das coisas para aprender a apreciar o seu verdadeiro valor. “Hoje em dia, com toda a produção em massa, esta perspectiva frequentemente desaparece”, constata Jorge Carnicero. “Não existe aquele vínculo emocional.” No processo de criação com a Manufaktur, ele a reencontrou: “Amo o trabalho feito à mão.”

A configuração de seu GT3 Touring foi para ele um processo com metas claras. Para as questões em torno da cor, até buscou conselho de um artista amigo, o pintor paisagista Tom Neel. A referência de Carnicero para o GT3 Touring foi o milionésimo exemplar do 911, produzido em 2017 na cor Irish Green. Ele queria se aproximar o máximo possível desse modelo, mas para tal teve que superar um pouco sua resistência. “Nunca gostei muito de verde”, confessa ele. “Minha cor preferida sempre foi o azul – mas você tem que estar aberto. Os especialistas da Porsche e Tom Neel me abriram os olhos.” Assim, o GT3 de Carnicero foi pintado na cor British Racing Green do programa “Paint to Sample” da Porsche Exclusive Manufaktur. No interior, ele recebe uma combinação com couro na cor Espresso, bem como detalhes pretos e costuras contrastantes na cor Bege Luxor. O Mogno acetinado sublinha o conceito histórico. Um adicional que não está disponível de série.

Quando, no outono europeu, Carnicero viu pela primeira vez sua criação quase pronta na Exclusive Manufaktur, em Zuffenhausen, ficou inerte por um bom tempo. Pelo simples medo de que suas ideias, enfim tornadas realidade, pudessem decepcioná-lo. Sem razão alguma. Algumas semanas depois, Carnicero se encontra com sua criação pela segunda vez. Desta vez em Atlanta, depois de ser transportada de navio pelo Atlântico, completamente montada. Ele fica sem palavras. “O visual do carro é muito melhor do que eu poderia imaginar nos meus sonhos mais ousados.”

Carnicero expôs seu novo GT3 por algum tempo na sede da Porsche Cars North America. O veículo teve grande repercussão e é um excelente exemplo do trabalho da Porsche Exclusive Manufaktur. Se depender de Jorge Carnicero, sua coleção de Porsche será passada para seu casal de filhos. “Os carros devem ser minha forma de deixar um legado”, revela ele. “Agora o GT3 Touring também faz parte dele – minha obra-prima.”

Texto Frieder Pfeiffer
Fotos Theo Barth

Porsche Exclusive Manufaktur

Desejos especiais dos clientes são realizados pela Porsche desde 1978. Desde então, modelos personalizados, alterações e adaptações são do âmbito de ação do departamento, que em 1986 recebeu o nome de Porsche Exclusive, e que desde 2018 assina como Porsche Exclusive Manufaktur. Até 19.000 carros de série recebem por ano um refinamento personalizado e feito à mão; são cerca de 700 opções diferentes de escolha disponíveis. Além disso, são realizados também desejos especiais, como os de Jorge Carnicero. A assessoria competente da Porsche Exclusive Manufaktur está disponível aos clientes na matriz da empresa em Zuffenhausen, bem como nas centrais de Los Angeles e Atlanta.